Veja os benefícios do álcool de alecrim



Esta planta é capaz de tratar os problemas de celulite e má circulação, basta usar o álcool que você pode fazer em casa..

Sempre pensamos no alecrim para temperar. Entretanto, esta erva pode trazer muitos benefícios para o nosso corpo, se for transformada em álcool para usar na pele.

É muito fácil fazer este maravilhoso tônico. Para facilitar, ainda é possível cultivar o alecrim em um vaso, num cantinho da cozinha. Isto garante uma planta sem agrotóxicos ou qualquer outro tipo de contaminação.

Este álcool feito em casa, conserva todas as propriedades da planta. Ele é mais consistente que o produto comprado em lojas de ervas naturais ou drogarias.

Atuação

Este álcool de alecrim pode ser usado como compressa ou com massagem nos seguintes casos:

  • Celulite;
  • Caspa;
  • Dores musculares;
  • Dores de articulação ou reumáticas;
  • Gota;
  • Gripes e resfriados;
  • Lombalgias e torções;
  • Massagem tonificante;
  • Nevralgias;
  • Previne escaras;
  • Para os animais domésticos, atua contra queda de pelo e antiparasitário.
  • Queda de cabelo;
  • Relaxante na área do colo;
  • Roxos no corpo, resultados de contusões e batidas;
  • Varizes e problemas de circulação;

Como preparar

Ingredientes:


  • Alecrim: 1 ramo (com folhas e flores);
  • Álcool: suficiente para cobrir.

Modo de preparo:

1. Coloque todos os ingredientes em um frasco, de preferência escuro, com tampa, o álcool tem que cobrir o alecrim;

2. Deixe descansando por 15 dias;

3. Filtre o líquido.

Antes de começar a usar, é ideal passar um esfoliante na pele.

Para varizes e circulação

Para a circulação, é importante fazer massagens de baixo para cima na perna. Passe o álcool em pedaços de algodão e vá massageando até a pele ficar bem úmida. Deixe atuar por 10 minutos e depois lave as pernas com água fria.

É preciso um uso constante para obter resultados perceptíveis.

Grávidas e pessoas com epilepsia devem pedir maiores informações ao médico sobre o uso deste produto.

Antes de realizar os procedimentos, faça um teste em sua pele para saber se não causará desconfortos. Cada organismo reage de uma forma e o médico especialista deverá ser consultado para potencializar e acompanhar os resultados desejados.